Fale conoscoPágina Principal

Alterar tamanho do Texto     T 
  16/08/2010 | Caixa Econômica Federal assina convênio com a Associação de Atletismo de Maringá
 
 
 Ampliar Clique para ampliar a foto
 A Caixa Econômica Federal (CEF) e a Associação de Atletismo de Maringá assinam na quarta-feira (18), contrato de patrocínio para a implantação do Centro de Excelência do Atletismo. A solenidade de assinatura será às 14h30 na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito. O convênio vai garantir o repasse de R$ 120 mil pelo período de um ano à Associação, viabilizando a implantação do Centro de Excelência e ampliando o número de atletas.
Atualmente a associação trabalha com cerca de 120 atletas. A meta é chegar a 500 atletas em todas as categorias: infantil, infanto-juvenil, juvenil, adulto e veterano, fazendo o trabalho de base e formando uma equipe de ponta em dois anos, já visando as Olimpíadas de 2016 que serão realizadas no Brasil.
Além dos recursos da Lei de Incentivo ao Esporte e do patrocínio da CEF a associação busca ainda outros patrocinadores. “O atletismo trabalha especialmente com jovens de baixa renda, e manter as equipes é um trabalho social porque existem condições para o atleta participar, como estar frequentando a escola”, lembra Vivaldo Souza Lima, da Associação de Atletismo de Maringá.
Ele ressalta a tradição do município na modalidade. “Maringá já formou atletas de ponta, tem uma história no atletismo, e se tivessemos estrutura hoje a cidade teria a segunda equipe de nível do Brasil”, revela. Cita entre outros o meio fundista Vicente Pimentel, integrante da Seleção Brasileira em competições internacionais; Eva Batista Dias, recordista brasileira juvenil dos 400 e 800 metros; Maria Aparecida Dias, recordista brasileira e sulamericana dos 1.500 metros; Humberto Garcia de Oliveira, recordista sulamericano dos 800 metros juvenil e hoje técnico da Associação; Zenaide Pereira da Silva, campeã brasileira juvenil do arremesso de disco; Sonia Toyoshima, uma das seis melhores velocistas do Brasil na década de 70 e três mundiais no Japão, até hoje detentora da melhor marca nos 100 metros nas competições da colônia japonesa.
Outros destaques são Roberto Abe, terceiro melhor do Brasil no arremesso do dardo na década de 1980 e também três mundiais no Japão; Sueli Pereira da Silva, integrante da Seleção Brasileira em duas olimpíadas; e Vanderley Cordeiro de Lima, bronze nas Olimpíadas de Atenas e um dos poucos atletas do mundo a receber a medalha Barão de Coubertin. “Muitos atletas formados e revelados nas equipes de base de Maringá estão hoje em equipes de nível, e vamos reverter isso com o Centro de Excelência”, acredita Vivaldo Lima.
Ele destaca também o esforço para criar em Maringá um Centro de Excelência, que vem desde a década de 1970, com o então prefeito Silvio Magalhães Barros, que construiu a pista de atletismo onde hoje estão as quadras de vôlei de praia da Vila Olímpica. O atual prefeito, Silvio Barros, quando secretário de Esportes do Paraná, conquistou a pista de atletismo da Universidade Estadual de Maringá, e agora, com apoio do deputado federal Ricardo Barros, a pista do Estádio Willie Davids.
A pista do Willie Davids recebeu certificação da International Association of Athletics Federations (IAAF), e vem sediando competições de nível desde que foi inaugurada. No último mês de maio Maringá sediou o GP Internacional Caixa de Atletismo, com mais de 110 atletas, 73 brasileiros e outros 43 de 17 países. Em julho a pista foi palco do Intercolonial Brasileiro de Atletismo, com mais de 600 atletas, técnicos e dirigentes.


Corrida de rua
A Caixa Econômica Federal é a patrocinadora oficial do atletismo brasileiro, e faz investimentos esportivos importantes em várias regiões do país, especialmente nas corridas de rua. A instituição está presente nos principais eventos da modalidade e auxiliando na disseminação do esporte.
Na região de Maringá, em 2010, a Caixa está investindo no esporte R$ 285 mil em projetos sociais e provas de rua, entre outros a Prova Tiradentes, com patrocínio há cinco anos consecutivos; Atletismo Esperança de Campo Mourão – Projeto social que envolve aproximadamente 500 crianças e jovens – no Brasil são 6 projetos sociais que contam com apoio da Caixa; Maratona de Revezamento Vanderlei Cordeiro de Lima, em Maringá – a Caixa é parceira da Maratona desde sua primeira edição e agora passou a assinar como patrocinadora oficial do evento.


Atletismo Brasileiro
Em 2009 a Caixa investiu R$ 47 milhões em patrocínio ao esporte brasileiro, que inclui as confederações esportivas de atletismo, ginástica e luta, além de ser uma das únicas a apoiar o esporte paraolímpico brasileiro.
Parte substancial do investimento no atletismo concentra-se nos projetos da Confederação Brasileira de Atletismo – CBAt – e no patrocínio a provas de rua, de impacto nacional e regional ou com potencial de crescimento. Desde 2001 como patrocinadora oficial do atletismo brasileiro, a Caixa é parceira em projetos de grande alcance social, atendendo jovens de comunidades carentes, além de formar novos atletas e revelar talentos de alto nível na modalidade.
 
   
Data: 16/08/2010 Fonte:
 
            Compartilhar                 

     

SEG|30|MAR|2020 
PARCEIROS

Anuncie aqui